Diário da Rússia

Fatos

Russos escolhem o Lago Baikal como o símbolo do país

“Galápagos da Rússia” é riquíssimo em biodiversidade

Mais da metade dos russos, 58%, escolheu o Lago Baikal como símbolo do país, em uma recente pesquisa realizada pelo Instituto de Opinião Pública VTsIOM. Conhecido como as “Galápagos da Rússia”, é um habitat riquíssimo em biodiversidade no sul da Sibéria, entre o Oblast de Irkutsk, no noroeste, e a Buriatia, no sudeste.

Com 636 quilômetros de comprimento e 80 de largura, é o maior reservatório de água doce da Ásia, o maior em volume de água do mundo, além de ser o mais antigo, com 25 milhões de anos, e o mais profundo, chegando a 1.680 metros.

O Lago Baikal tem 636 quilômetros de comprimento

Segundo a mesma pesquisa, 48% dos entrevistados também citaram o complexo do palácio Peterhof, nos arredores de São Petersburgo, e 46% se lembraram do monumento da colina de Mamaev Kurgan, em Volvogrado, erguido em memória à batalha de Stalingrado na II Guerra Mundial.

Em menor número, 28% escolheram o mosteiro da Santíssima Trindade e São Sérgio da Igreja Ortodoxa russa, que fica a 70 quilômetros de Moscou. Além disso, um quarto dos russos acredita que o país também é simbolizado pelo conjunto arquitetônico da ilha de Kizhi, no Lago Onega, e 16% foram a favor da Fortaleza do Kremlin em Kolomna, na região de Moscou. A mesquita Coração da Chechênia, em Grozny, também recebeu os votos de 6% dos entrevistados.

A pesquisa do VTsIOM foi realizada entre os dias 21 e 22 de setembro, com a participação de 1.600 pessoas de 130 localidades da Rússia.